6 Mentiras que os homens contam sobre Mulheres e Cerveja


[Nota da tradutora: Muito se tem discutido sobre mulher e cerveja e, garanto que ainda há bastante o que se conversar sobre essa insistência que muitas pessoas têm em classificar bebidas de acordo com gênero. A ideia de traduzir o texto foi engrossar o coro de mulheres que estão de saco cheio dessas atitudes machistas e dar oportunidade a mais pessoas de conhecer o desabafo de Ashley Routson, uma moça de cabelos a la arco-íris, escritora, gerente de marketing da Green Flash Brewery e idealizadora da comemoração do IPA Day]

Por Ashley Routson (tradução livre Priscilla Colares)


Homens, eu tenho uma reclamação a fazer. Eu estou de saco cheio de artigos escritos por vocês (homens), direcionados para outros (homens), discutindo como fazer com que mulheres bebam cerveja. Estes artigos são condescendentes e ofensivos? Claro que sim! Mas também, eles estão quase sempre errados.

A verdade é que os homens não são os únicos culpados de escrever artigos equivocados sobre como fazer com que as mulheres bebam cerveja - alguns desses artigos têm sido escritos por mulheres que têm pouco ou nenhum conhecimento sobre cerveja. E francamente, não sei qual é o pior: homens fingirem que realmente entendem as mulheres, ou mulheres que não sabem a diferença entre uma Bock e um Black & Tan escrevendo colunas de conselhos cervejeiros. Ambos cenários são horríveis. E ambos me fazem continuar a dar tiradas super-feministas cheias dos meus palavrões mais favoritos nas mídias sociais. Não é exatamente uma forma de construir minha reputação…

Existem inúmeros equívocos sobre cerveja que precisam ser abordados e corrigidos. E como membro do clube da va-jay-jay além de alguém que vende e escreve sobre cerveja para viver, meu ego acredita que eu sou a pessoa perfeita para abordar as falácias e argumentos mais comuns sobre “como fazer sua mulher beber cerveja". Aqui vamos nós:

Mentira #1: Cerveja é bebida de macho

A verdade: amigos… foram as mulheres inventaram a cerveja, então se liga!

As mulheres não só inventaram a bebida mais fina do planeta, por um muito tempo elas também eram as únicas autorizadas a produzir-la. Os Sumérios, também conhecidos como as pessoas que perceberam que a cerveja era algo importante, e excelente, usavam a cerveja para o culto da deusa Ninkasi: a deusa da produção cervejeira e da cerveja. E a propósito, deusa subentende-se vagina.

Mentira #2: As mulheres têm medo de cerveja

A verdade: Não somos nós; (provavelmente) é você.

Sim, eu estou falando com você Sr. Nerd Cervejeiro que passa seus dias e noites à procura de fotos de cerveja no Instagram para criticar. Você que desesperadamente busca todas as oportunidades para desmerecer e agredir a nós - que somos como líderes de torcida apaixonadas pela cerveja artesanal - simplesmente porque você não recebeu amor suficiente quando era criança. Não é nossa culpa se nascemos com peitos e conseguimos mais curtidas em um beer selfie que você irá em centenas de fotos ao longo do ano - independentemente de quantas fotos de cervejas raras você postar.

Vamos encarar os fatos: (homens) fanáticos com cervejas não são exatamente conhecidos por ter fortes habilidades sociais e uma aparência arrojada.

Os nerds que estou me referindo são aqueles que acabam com a graça de beber cerveja. Eles tendem a ser super competitivos, fortemente críticos e pretensiosos. Esses são aqueles caras que ficam desconfortáveis perto de você num bar mas, esperam ansiosamente para que você peça uma cerveja só para te menosprezar por fazer uma escolha tão ignorante. Ou ir pela tangente sobre todas as cervejas raras e incríveis que eles já beberam e que você nunca, nunca será capaz de provar, porque você não é tão legal quanto eles.

Eu não estou - de jeito nenhum - dizendo que as mulheres são superficiais, mas gostaria de propor uma possibilidade. Talvez não seja realmente o o líquido que nos afasta de beber cerveja. Talvez seja você.

Mentira #3: Todas as mulheres estão de dieta, e é por isso que nós não bebemos cerveja.

A verdade: Algumas de nós não se detesta!

Claro, algumas garotas podem ter um medo irracional de cerveja, porque elas acham que a cerveja vai deixá-las gordas. E... hummmm, eu me pergunto de quem é a culpa por tudo isso? (Sim, estou olhando para você, homem cervejeiro barrigudo).

Pode ser chocante mas, nem todas nós nos pesamos três vezes ao dia e muito menos contamos calorias como forma de vida. Algumas de nós verdadeiramente não se importam com alguns quilinhos a mais na cintura, quadril e coxas. Algumas de nós realmente (realmente) amam pizza, asinhas de frango e hambúrgueres e a vida. E adivinhem? Nós gostamos de beber cerveja sim, cerveja de verdade, acompanhando nossa pizza, asinhas de frango e hambúrgueres.

Ah, e enquanto estamos no assunto “calorias e cerveja”, tudo o que você realmente precisa saber é que o conteúdo calórico de uma cerveja está relacionado diretamente com seu teor alcoólico. Quanto mais açúcar você adicionar mais alcoólica é a bebida e por tanto mais calórica. Moral da história? Se você está contando calorias, escolha cervejas com baixo teor alcoólico.


Mentira #4: As mulheres adoram porcarias doces e frutadas então você deve iniciá-las com cervejas também doces e frutadas.

A verdade: Fruit Beers são péssimas "cervejas para se começar a beber", portanto isso não faz sentido.

Eu não sei desde quando ou onde inventaram este estereotipo de que mulheres só bebem cervejas de frutas ou de trigo mas, infelizmente eu entendo o processo de pensamento por trás disso. Obviamente as mulheres são o sexo frágil, e portanto têm paladar delicado que não suporta nada demasiadamente forte ou então corre o risco de derreter. Além disso, nós amamos, com todo amor, porcarias frutadas e doces. CERTO?!?!

Não me interpretem mal, eu adoro uma cerveja do estilo Fruit Beer. Mas chamar uma cerveja dessas de porta de entrada para o universo da cerveja é como chamar um Martini de maça um cocktail para se começar a beber cocktails. Ambos são essencialmente um porta de entrada pra nada. Não dá pra ir de um Shandy de morango doce e frutado para uma Double IPA super amarga, assim como não dá para ir de um repugnantemente e doce Cosmopolitan para um Manhattan.

Se você quer que sua namorada comece a beber cerveja de uma forma correta, essa cerveja para iniciante, deve ser uma representação equilibrada dos quatro ingredientes principais na cerveja, malte (normalmente na forma de malte de cevada), lúpulo, água e fermento?? Se você der a uma mulher uma cerveja de frutas, ela não tem para onde ir depois disso. Se você a der uma Pale Ale ou uma Dry Stout, o céu cervejeiro será o limite.

Mentira #5: As mulheres não suportam amargor

A verdade: Você é estúpido

Espero que nenhum de vocês tenha crescido acreditando nas besteiras da história A Princesa e a Ervilha. A maioria das mulheres não aspira ser frágil e fraca. Algumas de nós somos até um pouco masoquista. Algumas de nós gostamos de ter o nosso paladar atacado pelos sabores robustos derivados do lúpulo.

Ter uma vagina não tem nada a ver com a capacidade de tolerar, gostar, ou amar coisas mais amargas. Amargor, na maior parte das vezes, é um gosto adquirido - para homens e mulheres. Café, chá, chocolate amargo, vinho tinto, couve, brócolis, azeitonas - são todos alimentos amargos e, que a maioria das mulheres adoram. E se podemos lidar com café e couve, tenho certeza de que podemos lidar com sabores similares ao café dos maltes torrados e sabores resinados como os do lúpulo. Obrigada, muito obrigada.

Mentira #6: Você pode subornar uma garota a beber cerveja

A verdade: Nem todas nós assistimos novelas e seu relacionamento soa realmente manipulador.

Recentemente li um artigo, escrito por um cara, que abordou o assunto de como fazer com que mulheres bebessem cerveja e ele recomendou nos subornar com coisas como compras, viagens e jóias. Isso provavelmente é uma das coisas mais ofensivas que já li. Não posso falar por todas as mulheres mas, eu odeio ir às compras e eu perdi todas jóias lindas que já me deram.

O problema aqui não é que sua namorada não bebe cerveja. O verdadeiro problema é essa coisa toda de subornar. Cerveja é divertida por conta própria, e se você precisar subornar a sua cara-metade para fazer algo divertido, você deveria reavaliar sua relação.

Moral da história: você não precisa fazer a cerveja ficar idiota para que nós possamos entender-la. Manda um papo reto… As mulheres são muito inteligentes e muito impressionantes. Então pare de nos tratar como crianças mimadas de 5 anos que precisam de ser subornadas com doces para comer os legumes.


Ashley Routson, também conhecida como “The Beer Wench" é um evangelizadora de cervejas artesanais, autora do livro “The Beer Wench Guide to Beer", e gerente distrital da cervejaria Green Flash Brewing.

***


57 views

© 2015 by pricolares. All rights reserved

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle