Viagem Cervejeira para Europa - Parte I: Planejamento



Quem acompanhou a minha viagem para a Holanda e Bélgica pelo Instagram Stories viu que foi longe de ser uma viagem com roteiro 100% planejado. Algumas coisas eu escolhi ser assim, outras… nem tanto.

A ideia deste e dos próximos textos é meio que um diário da viagem. Tem muita gente que já está escolada em viagens cervejeiras internacionais, tem gente que ainda tá planejando colocar o pé lá fora. Se esse último for o seu caso, talvez tenha informações relevantes. Pra você que é pica nas viagens, que tal compartilhar nos comentários alguns macetes para geral se divertir ainda mais na próxima?!

Planejamento!

Eu me concentrei mais em poder ficar 17 dias fora e não prejudicar o meu trabalho aqui no Brasil do que o que eu iria fazer lá. Respirar o ar de outro país já é divertido pra mim. Então não… não planejei de hora em hora o que ia fazer, até pq esse não é bem meu estilo.

Eu curto viajar sozinha e adoro tanto encontrar e fazer novos amigos durante o passeio. É uma delícia caminhar e ir admirando a arquitetura local, entrar em uma livraria, decidir tomar um café em um lugar aleatório ou passear por feiras e mercados e ir tomando cerveja entre um e outro programa. Esse é o meu estilo de viagem! Também reservo alguns dias pra fazer nada e não ser Turistiane. A melhor forma de fazer isso é alugar um flat maneiro no airbnb e curtir o “dolce far niente" (de preferência após ter enchido a geladeira de cerveja).

Fica mais lindo na companhia de amigos e boys magias? Com certeza! Só não rola deixar de viajar pra esperar todo mundo estar disponível. Viaje!

Onde ir?

Eu criei um mapa no Google Maps e fui marcando todos os locais que eu gostaria de ir. Pintei com cores diferentes os que morria de vontade e os que seriam “maneiros”. Busquei lugares interessantes e curiosos no Trip Advisor, em blogs e sites de viagens (melhoresviagens.com.br), perguntei dicas à amigos e salvei locais que os amigos que estavam fora iam. Foi um processo…


No total foram uns 60 lugares. Sim… muita coisa! A idéia não era ir em todos e sim saber que eles já tinham sido “pré selecionados”.

Apesar dos pesares o ratebeer.com foi muito prático. O app para celular e o site listam vários locais com reviews. Você tem a opção de buscar por nome de cidade e já adicionar na sua lista ou buscar locais perto de você. Não deixe de verificar os horários de funcionamento. Nada pior que dar com os burros n’água.

Hospedagem

Eu uso há algum tempo o app Hotel Tonight. Ideal para viagens curtas de 2 noites (máximo que você pode reservar pelo app). Em baixas temporadas é possível encontrar hotéis muito legais com preço de espelunca. Só não esqueça de ler os poréns no final da página (no refundable, double bed, sem café da manhã...). Se você curte pechinchar vale ligar e tentar fazer a reserva direto com o hotel e verificar promoções.

O Airbnb eu também uso há algum tempo. Gosto muito. Certifique-se que vc está lendo as reviews mais novas (as melhores costumam ficar no topo) e que tem noção de preço de hotel para fazer um prós/contras. Nem sempre é a opção mais barata. Se você acabou caindo em uma furada (como eu) faça o seguinte: tire fotos de tudo que não está de acordo com o anunciado e entre em contato com o site.

Internet

Ficar sem internet não rola né? As opções que encontrei foram: comprar um chip por aqui (achei easysim.com por USD60 para 15 dias), comprar no vôo (no da TAP tinha roteador, esqueci o preço :/) ou assim que pousar. Eu paguei €30 num pré pago de 3G com ligação e SMS pela Vodafone em Amsterdam. Conversando com algumas outras pessoas parece que tem opção mais barata pela Orange (na Bélgica). Só não me banque o milionário e caia na besteira de usar a sua linha do Brasil pra ter internet a R$39 o dia. Desperdício de dinheiro que você poderia estar gastando com cerveja.

Tenha um carregador portátil com você o tempo todo. Não sei o que é pior, ser o chato que pede mesa perto de tomada ou ficar sem todas as anotações da viagem por causa da bateria morta. Anote alguns números e endereços importantes no papel, a vovó sempre recomendou isso e um casaquinho.

Vôo/Bagagem

Ok, você e eu já sabemos que a pergunta é: quanto posso trazer de cerveja? E é assim que você começa a procurar seu vôo… pela quantidade de bagagem! Aquele vôo baratinho com só uma mala de 23kg pode sair mais caro se for despachar bagagem extra. Não seja juninho nessa.

Eu tenho 0 a reclamar do meu vôo. Fui e voltei de TAP Portugal com apenas 1 conexão e 2 lindas e pesadas malas de 32kg. Mais que suficiente para eu poder trazer os 12 litros de bebida permitido.

Nesse momento também vale consultar o que pode e o que não pode levar/trazer. Morro de preguiça dos empata fila de Raio X com a merda dos aerossóis. Deixe de ser preguiçoso e leia esse guia, vai ser útil!

Na dúvida de qualquer procedimento consulte o site do TSA. Provavelmente se é permitido lá é permitido em qualquer lugar. Eles são os mais exigentes com regras de viagem. A primeira coisa da lista de itens permitidos do TSA: adult toys (hahaha)... Como eu sei isso? Pq eu fui lá consultar o site do TSA pra saber se podia levar meus copos de cerveja na bagagem de mão e na sessão all itens o primeiro é adult toys! Aprender é divertido! (Lá não fala que não pode, sendo assim eu trouxe. Deu bom!).

Queremos trazer álcool e queijo!


Sim, nos podemos trazer 12 litros de bebidas alcoólicas! Eu trouxe 30 garrafas e tive 0 perdas! No site da Receita eu não encontrei mais informações mas, eu usaria a mesma classificação para vôos domésticos (garrafas lacradas, rotuladas, de até 1 litro e com informação de teor alcóolico que deve ser inferior a 70%).

Outra parte importante é o acondicionamento. Eu levei algumas embalagens que tenho e já uso para transportar bebidas: porta Champagne da Veuve Clicot que é revestido de isopor por dentro, um porta growler que comprei na Backer e acondiciona super bem de 4 a 5 garrafas e algumas wine skin. Procure aí na sua casa algo que possa ajudar. Aquelas embalagens de isopor para garrafa são muito boas pra isso!

Coloquei todas as garrafas em ziplock bags (se a garrafa quebrar não molha e mancha toda a sua mala e roupas), enroladas em plástico bolha (já compra e leva daqui… perder tempo procurando plástico bolha? Mehhhh, volte 1 casa) e usei as minhas roupas para enrolar novamente as garrafas! Vá fazendo rolinhos com tudo isso que o seu tesouro chega inteiro.

Queijo: sim, você pode trazer queijo! (Eu não trouxe :/). Fui pessoalmente conversar com a fiscal do Vigiagro em Confins que me auxiliou sobre as normas para trazer alimentos. Basicamente leia essa Instrução Normativa e se você não respeitar a exigência o bundão é você… mude a lei ou pare de falar merda em pots no Facebook sobre o queijo que o fiscal fez você jogar fora. Te dando uma canja: você pode trazer até 5kg de queijo de maturação longa desde que em sua embalagem original (fracionou fudeu).

Ah… não esqueça de colocar etiqueta de FRAGIL na sua mala!

Malas de mão

Faça malas objetivas (recado para mim). Se você não é uma blogueira de moda dificilmente usará 5 pares de sapato. Já vá com as combinações prontas.

Leve remédios que você usa em quantidade suficiente. Tem países que é preciso de receita médica para comprar anticoncepcionais, por exemplo. Leve também remédio para dor de cabeça, sinusite e as coisas que você costuma ter ocasionalmente. Tenha suas droguinhas com você!

Dinheiros

Nessa área eu vou dizer que preciso de mais pesquisa. Meus pitacos: particularmente prefiro levar em espécie do que pagar 6% de IOF no cartão de crédito (mais taxas da administradora, mais a taxa de cambio do dia do fechamento da sua fatura, não do dia da compra). O contra é que se acontecer algo...

Achei as menores taxas no Banco do Brasil... o único problema é o próprio banco, sendo moroso como sempre. Também levo uma parte em cartão de viagem (a única vantagem é a taxa de câmbio não flutuante, você vai pagar o IOF de qualquer jeito). Eu uso o cartão da Cotação.

O inacreditável: na Holanda alguns lugares não aceitam nota de €100! Sim, eu também fiz essa cara que você deve estar fazendo... Aconteceu comigo. A moça sorriu e disse, nós não aceitamos essa nota. Perguntei 3 vezes pra ver se não era o meu inglês mas a coisa é que eles não são obrigados a aceitar. Assim de simples. Na próxima só de €50!

Durante o vôo

(disclaimer… não tem nada haver com cerveja)

Não sei que tipo de passageiro me incomoda mais, o que pula da cadeira assim que o freio de pouso toca o chão ou se aquele chato que leva travesseiro, bolsa, casaco, carry on e umas outras cinco sacolas. Atrasa todo mundo e claro, nunca da conta de carregar toda a sua tranqueira sozinho. Não seja assim.

Compre uma garrafa de água na sala de embarque. Ter que ficar pedindo copinho de 200ml toda hora num vôo longo e acordar seu colequinha do lado tb é coisa de gente chata. Não se esqueça de se hidratar durante o vôo. Além de beber muita água eu gosto de passar um creminho e um hidrante para os lábios… melhor pousar diva do que com cara de amarrotada!

Se você é dos que roncam alto… eu indico para todos os outros um abafador de ouvido mais um headfone. Não tem outra saída, você incomoda. Que a gente não viaje mais junto. Amem.

Uma última dica: vai ao banheiro? Porra filho, tranca essa merda dessa porta! Assim a luzinha vermelha acende e a 'bunita' aqui não tem que ver a sua bunda peluda quando empurra a porta do banheiro que dizia não ter ninguém lá. Cenas de terror nunca são bem vindas dentro de um avião!

Sim… eu não precisava escrever isso mas quis. Acredite… se você ainda não viu tudo isso acontecendo é pq não viajou suficiente. #etiquetadevoo

Outras burocracias

Obviamente vão depender do seu destino. Para a maioria dos países da Europa é exigido seguro viagem de no mínimo €30.000. Eu fiz, (Paguei R$200) mas não me foi exigido na entrada em Portugal (conexão). Alguns cartões platinum tem essa função, sempre bom conferir. No mais é tranquilo. Bom ter anotado o endereço do hotel e comprovante da reserva impresso. Caso for ficar na casa de amigos e parentes tem que informar o endereço, telefone e se tiver uma carta convite, melhor.

Talvez estes textos possam interessar:

Voar com bebidas I

Voar com bebidas II

Comprianes Internacionais

Esqueci de algo?

ps.: para você que não está acostumado a ler meus textos: reticências são usadas sem limites. Eu gosto muito de ... !

#viagens

© 2015 by pricolares. All rights reserved

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle