Sorteio Causiane



É sorteio que vocês querem?

Hoje lancei um sorteio um pouco exótico no feed do meu Instagram e as cervejas escolhidas foram cervejas que eu costumo beber com certa frequência. Algumas com mais vínculos de amizade e outras um pouco menos mas, sem sombra de dúvida cervejas maravilhosas dentro de suas respectivas propostas.

Para quem quiser participar é só ter uma conta no Instagram e seguir as regras informadas no post.

Para quem for participar ou mesmo para inspirar outros que não vão contar com a sorte fica abaixo a lista completa das cervejas do #SorteioCausiane, respectivos estilos e um dedo de prosa. São cervejas completamente diferentes para degustar nos mais variados momentos!

Nacionais

Capitão Senra - Cervejaria Backer/ MG - Amber Lager - 5.3% de abv

Leve, refrescante e que agrada gregos e troianos! Sempre tenho na geladeira para acompanhar um papo discontraído. É uma excelente cerveja para indicar para quem tá se aventurando no mundo das cervejas “diferentes”.

Bravo - Cervejaria Backer/MG - Imperial Porter com Amburana - 9% de abv

Não tem como deixar a minha cerveja favorita de fora. Complexa e acessível são os seus melhores adjetivos para descrevê-la. Uma das primeiras cervejas comerciais no Brasil a explorar os sabores das madeiras nacionais. Hoje com dezessete prêmios nacionais e internacionais é a cerveja que eu sempre levo para a gringa para dar de presente.

Corleone - Cervejaria Backer/MG - Imperial Red Ale - 7.7% abv

Minha “go to” cerveja quando quero pegada maltada e lupulada. Eu costumo dizer que ela tá mais para uma Red IPA. Me encanta muito o balanço entre lúpulos e malte que ela entrega.

Cacau Bomb - Cervejaria Backer/MG - Russian Imperial Stout com cereja - 18% de abv

Foi uma receita que saiu meio na surdina e logo ganhou um prêmio no Chile. Fiquei infernizando a vida do pessoal da cervejaria até provar uma. É inacreditável como essa cerveja esconde o teor alcoólico que tem. Pude acompanhar a adição das cerejas Maraschino ainda no tanque e ainda tomar um quase banho dela num dia de treinamento. Ah… fui eu a pessoa que encheu o saco pra ela ter cera!

Reserva do Proprietário - Cervejaria Backer/MG - Old Ale - 10.5% de abv

Maturada por um ano em barris de carvalho americano é uma cerveja com acidez presente e encantadoras notas de madeira e suave bourbon. Meu dia favorito na fábrica é quando acerto a degustação das amostras de cada barril. Tenho estoque na minha adega que pretendo que dure uns 10 anos.

Saison Umbu - Experimento Beers - Saison com adição de umbu - 5.4% de abv

Gosto muito da história e forma de fazer cerveja da ExperimentoBeer. Biodiversidade e visão social fazem parte da criação e desenvolvimento das receitas. Atualmente essa Saison é feita com frutos quem vem de uma cooperativa de mulheres da Paraíba que se organizam em prol da preservação do bioma da Caatinga. Venho acompanhando a cervejaria desde o começo e já me diverti muito com esse rótulo.

Jacinta - Cervejaria Jacinta/MG - Amber Lager - 5.3% de abv

Recentemente conheci o bar Jacinta que fica no bairro Santa Tereza aqui em Beagá. Eles são jovinhos e tem 6 meses de existência e é um lugar que pretendo incluir na minha lista de “frequentados com frequência”. Ótima atmosfera, proposta e um design super legal. Ah, a cerveja tb é deliciosa e por enquanto está disponível somente em chope no bar. Da vibe da Capitão Senra é uma lager leve e com aquela notinha gostosa de pãozinho tostado. Essa do sorteio é lote 001!

Sounds Fair - Colab Experimento Beer e Koala San Brew - Brown Ale com café - abv 5.6%

Uma colab maravilhosa de duas cervejarias que gosto muito. Café super bem integrado na receita e cujas notas vem apenas do café e não do malte. A adição de café é uma especialidade do Koala e o café dessa receita vem de cooperativas certificadas como fairtrade. Ficou um tempo sem ser produzida mas para nossa felicidade está de volta.

Now or Never - Koala San Brew/MG - DIPA - abv 7.8%

O que dizer de uma cerveja que virou uma diversão de pedir? A Now é uma IPA super aveludada e aromática produzida pela cervejaria mais trend das terras mineiras, a KSB. A receita foi desenvolvida junto com o cervejeiro americano Scott Janish e inclui uma série de nerdices sobre biotransformação de lúpulo. Felizmente a Now continua sendo produzida. Já foi estrela na minha festa de aniversário e hj é pop nos meus Stories. E como eu sempre digo, não se assuste, a Now é uma delícia! 😜

Fear of the Dark - Cervejaria Kud - Foreing Extra Stout - abv 6.4%

Uma cerveja que está sendo vendida apenas em chope e alguns sortudos conseguiram algumas garrafinhas! É na verdade o mais novo lançamento de cervejas sazonais da Kud e eu voto que seja produzida sempre. É um estilo pouco explorado e essa receita ficou fenomenal. Por mais stouts que não sejam somente as Imperial!

Garden - Cervejaria Octopus/RJ - New England DIPA - abv 8%

Com rótulos super lindos a Octopus é uma cigana que vem fazendo boas cervejas. A Garden além de linda tem aromas intensos de lúpulo com notas de pêssego e manga, amargor baixo e corpo juicy como manda o figurino.

Easy IPA - Cervejaria Roleta Russa/RS- Session IPA - abv 4.8%

Cervejas pouco alcoólicas e cheias de sabor vieram pra ficar. Companhia perfeita para um dia quente essa IPA é super aromática e refrescante. Conheci no festival de Cervejas de Blumenau e depois a cervejaria me mandou algumas garrafas para meu deleite. E o bom de cervejas session é que a gente pode tomar mais de uma sossegada!

Django - Cervejaria Verace/MG - Brown Ale - 5.8% de abv

Melhor American Brown Ale das terras mineiras! O John Palmer concorda!!! Um verdadeiro equilíbrio entre notas de malte torrado e lúpulos cítricos. E uma cerveja que homenageia um dos meus diretores favoritos não poderia ser ruim. Gosto de Tarantino, gosto de Django e gosto bastante da Django! Melhor ainda quando rola uns after na cervejaria e dá pra provar do tanque!

RPM78 - Cervejaria Vinil/MG - Stout - 5.7%

A gente tá numa era que tá difícil encontrar Stout que não seja RIS. E eu adoro Stout pouco alcoólica. Taí uma mineira medalha de ouro campeã do Festival Brasileiro de Cervejas que é sempre companhia nas noites do Vintage13. E confesso que já comprei discos antigos em feira vintage só pra tirar foto com ela!

Importadas

Cantillon Kriek - Cervejaria Cantillon/Bélgica - abv 6%

Uma Lambic com adição de cerejas da Gueuzerie mais amada dos cervejeiros. É nas Krieks “raiz” que aquela pessoa que acha que cerveja com adição de fruta é coisa de menininha, dá com os burros n´água. Aqui não tem docinho de cereja, tem acidez e maravilhosas notas rústicas. Visito sempre a cervejaria quando estou pela cidade maravilhosa de nome Bruxelas. Dá pra beber já ou daqui a dez anos (sugestão do produtor) se preferir!

Petrus Oud Bruin - Cervejaria de Brabandere/ Bélgica - abv 5.5%

Umas das visitas à cervejaria mais legal que fiz na gringa. Tive a super oportunidade de provar as cervejas direto dos tonéis de maturação com 1, 2 e 3 anos. A Oud Bruin é uma Flandres com acidez marcante e todas aquelas notas vínicas maravilhosas juntamente do toque amadeirado. Uma belga legítima, com preço legal e relativamente fácil de encontrar em terras tupiniquins.

Westvleteren 12 - Abadia de Saint Sixtus/Bégica - abv 10.2%

Dispensa apresentações. Simplesmente a Belgian Dark Strong Ale mais famosa do mundo. Dizem que é a melhor (do mundo). Eu não concordo com isso pelo fato de na minha cabeça tal título não existir. A melhor cerveja é sempre a que você mais gosta. Comprada direto do mosteiro na minha última viagem onde pude por fim conhecer por dentro da Abadia. É na minha opinião a Trappista mais “raiz” e continuo tentando conhecer a cervejaria para zerar meu álbum de figurinha belga.

Duvel Mini - Cervejaria Duvel Moortgat/Bélgica - abv 8.5%

Se você é cervejeira/cervejeiro de verdade provavelmente gosta mais do Diabo do que de Deus. Ainda mais que agora Deus é do Diabo. Complicado? Nada… Duvel é minha Strong Golden Ale favorita. Também visitei a cervejaria e fiquei ainda mais apaixonada com a cerveja. Delícia quando jovem e também com alguns anos de guarda. Essa versão não vem para o Brasil, é a mesma receita mas em uma garrafa exclusiva tamanho mini! Como diriam as blogayras, um mimo!

Budweiser - Cervejaria Budweiser Budvar/ República Tcheca - abv 5%

A Bud original Tcheca que só pode ser comercializada com o seu nome original lá na República Tcheca, imagino que todos devem imaginar o motivo. Não tem Pilsen mais raiz que essa e foi trazida com muito carinho na mala para honrar a tradição da verdadeira Budweiser!

Rasputin - Cervejaria De Molen/ Holanda - abv 10.4%

RIS em lata? Sim! Tem, e da De Molen! Considerada a melhor craft da Holanda. Gosto bastante dos rótulos pra lá de esquisitos e essa foi comprada na própria lojinha da cervejaria. Torrada com intensas notas de chocolate e cacau é uma RIS como manda o figurino. Tenho uma guardada na adega para ver como evolui uma cerveja em lata.

Essas são as cervejas escolhidas! Algumas fáceis de encontrar outras nem tanto. Agora é aguardar para ver quem será a pessoa que vai continuar escrevendo história com todas elas!

Até 13/8.


244 views

© 2015 by pricolares. All rights reserved

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle